urgências966 388 993

A importância dos alimentos húmidos na dieta dos gatos

Vamos desmistificar o conceito de que "os gatos só devem comer comida seca, ou ração seca".

Ao ingerir alimento húmido, os gatos estão a ingerir também água, a qual contribui para a sua sensação de "estômago cheio". Simultaneamente, a ingestão de água através do alimento reduz significativamente o risco de problemas urinários e renais (como a insuficiência renal ou as "pedras" urinárias).

Para melhor cuidar da saúde do seu gato, recomendamos que todos os gatos possam ter pelo menos uma refeição húmida diária!

Tenha em atenção, contudo, que não se trata de dar mais uma refeição ao dia, mas sim de substituir uma refeição de alimento seco por uma refeição de alimento húmido.

Dietas exclusivamente à base de rações secas oferecem uma quantidade de carboidratos muito grande e os felinos não necessitam destes carboidratos todos! Aliás, devido a estes, existe uma incidência crescente de Diabetes e obesidade, que são potencialmente fatais para eles.
Existem já no mercado rações secas isentas de glúten e de cereais, pelo que se tornam biologicamente mais apropriadas para os gatos. Geralmente incorporam carnes frescas (ver no rótulo) o que tornam o nível da proteína muitíssimo superior.

Os gatos podem também comer carne ou peixe cozido (ou crú), desde que isentos de temperos/molhos. Podem comer vísceras cozidas (corçação de frango, fígados de frango), sem exceder uma a duas porções/semana. E podem ainda incluir alguns vegetais cozidos, como espinafres ou cenoura, se eles gostarem.

Comece hoje mesmo a adotar novos hábitos de alimentação!
voltar

Subscreva a nossa newsletter